Queimando a própria casa!

Você seria capaz de atear fogo em sua própria casa? Construída com tanto sacrifício, com tantos anos gastos, finalizada com uma decoração impecável e com tanto conforto disponível?


Ois!

O assunto agora é buscar alternativas ecológicas para todas as coisas que envolvem a vida diária.

A tendência "Green" (verde) é a marca que as empresas estão tentando colocar em seus produtos.

Se não me engano, na Inglaterra, os Táxis  amarelos estão mudando para verde!
Não a cor da pintura, mas para o combustível usado em seus motores.

As alternativas verdes, ou ecológicas, também se apresentam na preocupação com a reciclabilidade do lixo e de materiais reutilizáveis.

Muitos utensílios, aparelhos, máquinas, descartáveis e muitos de nossos hábitos podem ser ecológicos.

É nosso dever buscar uma atitude mais coerente com a existência da interdependência que há entre nós e o planeta Terra.

Afinal o próprio ser humano é ecologicamente correto:
Nada dele demora mais de mil anos para se decompor na natureza.
Nem os ossos.

Eu não sou ecológicamente correto: Eu não apodreço!

Não fica assim, sr. Múmia! Ainda vão criar a Múmia Verde!

生態学 : せいたいがく : Seitai gaku : Ecologia (legal, né!)

Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Hoje só dei uma passadinha aqui para colocar as ilustrações referentes a alguns logs dos dias anteriores.

Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Bom, levei uma bronca! Ando meio brava, chata e desgostosa da vida!
E acho que é isso mesmo! mas será que é aquela fase do mês?
Coisa de mulher, sabe... Mas não é disso que vou falar hoje.

O texto abaixo foi enviado pelo meu amigo Raul Mamoru, em março de 2007.
Dado ao meu interesse em questões de ordem religiosa, ele começou a abordar (do básico ao avançado) esse assunto comigo e, temos assim, nos comunicado muito em relação a essa questão, além do Mangá.
A pergunta que originou o texto abaixo veio de uma pergunta simples: Deus existe?
Uma abordagem contundente e desafiadora.


"Penso, logo existo!"


Há muitos debates a respeito da existência de mundos paralelos, de energias desconhecidas, de fatos sobre o além, de vidas em outros planetas, da existência ou não da fronteira do universo, da vida após a morte.
Mas nenhuma delas suscita tanta discussão quanto a questão da existência de...

DEUS!

Sob uma forma simplista, Deus é a autoridade máxima que está acima de todo Homem, de toda a criação e de todo o universo e de todo além. Também é o ser capaz de quebrar a barreira que há entre o mundo natural e o sobrenatural, para nos "livrar de todo o mal..." Amém.

Muitas religiões o descrevem de acordo com as cores e nuances culturais de suas próprias sociedades.
As criaturas humanas com trombas de elefante e inúmeros braços representam no mundo Indiano, os poderes do mundo sobrenatural.
Nas culturas orientais, Budha é o que atingiu um estágio evolutivo espiritual que o capacitou a alcançar um nível de sabedoria quase divinal.
No grande continente africano, as potências sobrenaturais se apresentam como forças misteriosas cujo poder poderia ser canalizado ao nosso mundo através de pessoas de carne e osso (curandeiros e congêneres). Isso conhecemos como a velha possessão ou incorporação.
As nações Indígenas assumem por deuses, manifestações elementais da natureza e do cosmos como água, selva, sol e lua.
No médio oriente, culturas como as egípcias e hebraicas se degladiavam por meio da invocação de seus respectivos deuses. (Salientando que, diferente de todas as outras culturas religiosas, os hebreus sempre lutaram com apenas um Deus à frente de suas guerras.)
No ocidente, o cristianismo se estabeleceu pelas incursões apostólicas enviadas pelo espírito de Cristo, e mais tarde, pelas Cruzadas catolicistas romanas.

Independente de suas diferenças e raízes, é notória a presença de alguma força invisível, poderosa, inalcançável e superior a nós e a tudo o que existe ao nosso redor.

Eu também acredito nessa força. Ela não está dentro de nós, age por fora, influencia o destino e o resultado de nossas próprias escolhas.

À essa força atribuímos um nome genérico: DEUS!

Mas há quem não acredite na existência de Deus! Eles são os Ateus!
Gastam a energia de suas vidinhas tentando provar que Deus é uma invenção humana, que ele mesmo (Deus) não pode provar ao Homem a própria existencia!

Ora, será que esses caras acham que são fruto:

[   ] da "mãe natureza"?
[   ] da "inteligência do DNA"?
[   ] da "queda de um meteoro cheio de sujeira"?
[   ] de uma "florzinha polinizada por uma abelhinha"?
[   ] de uma "ameba que resolveu ter perninhas e bracinhos"?
[   ] de um "macaco que tinha dor nas costas e resolveu andar de pé"?

Olhe para um ateu!: Ele é uma máquina maravilhosa! Uma espantosa mostra de uma inigualável peça da engenharia das mais avançadas!
Com células formando tecidos e orgãos complexos, neurônios e nervos, sentidos e sentimentos agrupados em uma única estrutura autonôma, não precisa de nenhum compartimento de pilhas marcando pólos - e +.
Não precisou de nenhum programador da Microsoft para habilitá-lo à aprendizagem e à realizações de delicadas tarefas e intrincados cálculos aritiméticos.
Ninguém inseriu em sua "programação" a sincronia entre a respiração, oxigenaçâo, batimento cardíaco e circulação sangüínea.
Alguém citou pra o ateu enquanto criança, como se deve treinar a sincronia de todo o operacional gastrointestinal? Mastigue, engula, controle o esôfago, desvie o sangue para a digestão, libere as paredes intestinais para captar os nutrientes, mande as vitaminas para seus devidos tecidos enquanto você administra o movimento dos intestinos grosso e delgado. Ah, ateuzinho: não se esqueça dos movimentos peristálticos para a correta formalção do bolo fecal, viu!

Zombo! Zombo mesmo, pois esses ateus deveriam dar graças à Deus por eles terem com que passar o tempo:
Ninguém em sã consciência debateria algo que nem passasse por cogitação!
Se Deus é cogitável e debatível, é porque esses caras acreditam que Deus existe!

Acorda Ateu! Você mesmo é a prova de que existe uma força inteligente sobre nós e sobre você! E essa força que chamamos de Deus ama você, Ateu! Ele prova sua autoexistência onde te deu olhos, cérebro, pernas e tudo o mais, cada orgão e peças trabalhando estratégicamente, esteja você acordado ou dormindo! Ainda por cima lhe proveu dois corações: um que respira em seu peito te capacitando a respirar e outro que bate em seu peito te capacitando a amar!

Se você existe, Deus também existe! Deus pensou muito em permitir você nascer entre nós!

"Penso, logo existo!"

: しゅ : Shiyu : Deus, Senhor.
Nota: Ideograma usado para definir "Senhor" nos textos do Antigo Testamento, na tradução japonesa da Bíblia Sagrada.
Ideograma usado também para definir a expressão 主イエスキリスト : Shiyu Iessukirissuto : Senhor Jesus Cristo.

 

Assim diz o SENHOR:
"Nem por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito..." Zacarias 4:6

Se é assim, então...  Maranata!

Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Nota: O crédito da ilustração deste log vai para Raul Mamoru. Ele também explica que a expressão Maranatha significa, em aramaico, "Venha, Senhor, venha, Senhor Jesus!"
Mais uma vez, obrigada!

Esse final de semana que passou foi comum.


Olás!


Depois de dar uma mãozinha na hora da tradicional faxina sabatinal, fui à minha mesa fazer uns rabiscos.

No domingo também me dei a desenhar.
Me lembrei, já de noite, que há algum tempo que não tenho desenhado a mascotinha do meu blog.

Pois bem! Eu acho que ela não é mais a mascotinha deste blog!

Eu a desenhei e advinhe o que eu ví?

Uma moça! Quase mulher!

Bom, pelo menos para mim, acho que ela está crescendo, evoluindo junto com a minha prática em desenho!

Nos próximos dias vou apresentar a mascote que está virando moça!

鰤子 : ぶりっこ : Burikko : (não é burrico não, hein, gente!  O "RIKKO" no meio da palavra, pronuncia-se como o rico de "maçarico"! Agora o significado.) Mulher com jeito de menina.

 Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Conheço uma amiga que se casou com um homem de um país distante, de uma cultura bem diferente da nossa. Ela estava muito contente e, casada, foi morar no país dele...


Ois!

Só que depois de alguns anos ela voltou.
Muito frustrada e abalada, sem contar a camada de vexame em sua aparência, ela narrou parte de suas experiências.

Não vou apresentar tais detalhes aqui, mas o que pretendo enfatizar, é o peso das diferenças de ordem cultural, principalmente acerca da vida matrimonial.

No país do referido marido, parece me que ter mais de uma conjugê é algo tolerável. Casar-se por questões político/financeiras também.
Não estou criticando as cores culturais deste ou daquele país, mas imagino que, contrair matrimônio com uma pessoa, significa resignação, sacrifício e em parte auto-anulação (Sim, pois para cumprir o sagrado juramento do casamento é necessáro que a esposa e o marido tenham em mente e no coração, estes principios.).

Mas essa minha amiga não conseguiu suportar as diferenças culturais, isso minou o casamento dela.

Essa gentalha que casa e separa sem parar deveria ser reduzida a um monte de pilhas de carne pra virar ração de pit-bull.

Casamento não é brincadeira, não é um campo de testes, não é uma pista de provas!

結婚 : けっこん : Kekkon : Casamento.

Tantos casais "Romeo & Juliet" querendo casar, dar uma bonita festa e, sem dinheiro, vivem seu relacionamento leal confiando apenas no documento assinado no cartório de suas almas e na aliança colocada na mão esquerda de seus corações.

Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Nota: A animação deste log veio de minha amiga http://oliveira.daniela.zip.net/
Visite!

É...

O dia dos Namorados está chegando.

É tempo de trocar presentes e abraços... Peraí: Isso é um Natalreta! Sim, uma Micareta: um Natal fora de época!


Olás!


Para os que estão enamorados deve ser uma beleza; agora, para os que estão na solidão, uma tristeza.
Vejo por aí, muitas pessoas andando só, homens, mulheres, velhos, senhoras.

Não que todos sejam ou estejam só, mas e se estiverem, e se estivessem?

A solidão é uma espécie de corrosão que, se não for sanada a tempo, pode "estourar a lataria" e estragar o material de vez.
O tempo vai passando e agente vai passando do ponto também, do ponto da colheita.

Conheço um homem já nas faixa dos quarenta e cinco que vive a "uivar" por uma companheira em sua vida. Ele fica e fica falando nesse assunto toda hora!
É lógico que eu fico com dó de uma alma assim! Ainda mais que o cidadão já está ficando calvo e os cabelos se acinzentando. Pra complicar, ele tem como tipo físico um frágil estado de magreza. E usa óculos.

No mundo de hoje, para os bonitões e bonitonas já está muito difícil arranjar um par que seja amável, sincero e leal.
Imagina para os que não se encaixam no padrão de beleza que, a cada dia se torma mais exigente!

Arranjar uma pessoa para preencher o "vazio do coração" se tornou uma prática vampiresca: Encontrar uma "vítima" que satisfaça o meu ego, o meu desejo. Não há mais aquele espírito sacrificial de um tentar agradar mais que o outro.
Coisas básicas do dia-a-dia: Fazer faxina, lavar roupas, um esfregar as costas do outro, pôr a mesa juntos, ajudar no café da manhã, lavar pratos conversando... Ninguém mais quer saber dessas coisas!

Os casais de hoje não possuem mais essa educação, não tem mais esse sonho, perderam a visão de permanecerem juntos, munidos de um amor que até a morte perde seu atrevimento de separá-los.

Nesse dia dos namorados, poucos casais estarão comemorando de coração esta data tão romântica!
Pois a maioria dos casais que estão aí, não passam de aproveitadores sentimentais, um fica olhando pra cara do outro e dizendo pra sim mesmos: "hehehe, idiota, nem sabe que tô me aproveitando da situação..."

バレンタインデー : Valentine Day : Dia dos namorados.

Mas memso depois e tudo isso que escrevi... Ainda acredito no amor.


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Operação Brasil

Presidente 馬鹿 : ばか : Baka : Idiota!!


Ois!


Não apenas Evo Morales, mas Hugo Chaves, e o próprio Luís Inácio Lula da Silva, tem em suas aspirações, traços de liderança ditatorial, expressões de quem intenta impor um democrático estado ditatorial.
Suas atitudes, discursos e seus encontros com Fidel Castro só nos dão a certeza de que, em algum momento, a américa do sul será tomada pelo sistema já provado como fracassado: o Comunismo.

O mais burro deles é o nosso presidente. Tentando incutir um pseudo comunismo em nossa nação. taí na ânsia de mostrar serviço neste seu último mandato. O homem pôs a polícia federal pra rua: É operação Anaconda, operação Tufão, Ouro Negro, Méxicu, Jacinto Pau no Rêgo, Pau Barbado, Tátu de Pau Mole, Operação Craniana, Operação de Fimose, Quem não sabe sambar é doente do pé, Operação Hot Wheels, Daslú, Das pu', E a última: Operação Navelha!

Mandando os nossos "Marshalls" pra rua, o governo tem estrangulado seus próprios representantes: Secretários, adjuntos, motoristas, caseiros, churrasqueiros, organizadortes de festas infantis, faxineiros e ministros.

Se continuar desse jeito, os federais vão chegar no cabeça de toda essa desgraceira: O Luizão! O Lulinha!

Percebendo isso, agora a polícia federal está trabalhando sob as vistas grossas de seu próprio mandante: O governo federal.

連邦当局 : れんぽうとうきょく : Renpou toukiyoku : Autoridade federal. (que medaaaaa!)

É: Quem não tiver a bunda suja, que levante e mostre o dedo do meio limpo!

Chefe! Vem dar uma olhada nisso!!!

                   Enfim, uma prova irrefutável!!!!

Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Nota: O crédito da ilustração deste log vai para Raul Mamoru.
Obrigada!

Ahhhh... Eu não desenhei nada nesse fim de semana! Mas me diverti pacas e fiz uma coisa que gosto muito: Comprar roupas!
E agora, um assunto que o Brasil tratou na maior má vontade, no chute.


Olás!

O presidente da Bolívia, Evo Morales, finalmente "moralesou" os frutos dos esforços petrobrasileiros na busca da tão sonhada "auto-suficiência" em produção de combustível e seus derivados.

Com a nacionalização do petróleo, a Bolívia dividiu opiniões no mundo inteiro.
Uns acharam a medida típica de um sublíder ditatorial, outros concordaram com a integração das petrolíferas à lista de posses de ordem boliviana.

A princípio, o Brasil jamais deveria ter tomado a iniciativa independente de abrir conversações com o lado boliviano.
A ONU seria o campo mais coerente para colocar esse assunto em pratos limpos e à vista de todos.

Para não ficarmos pra trás, sugiro nacionalizar nossas coisas antes que seja tarde demais. Nacionalizemos assim:
A Amazônia,
O Tutu,
A Feijoada,
O Cuzcuz,
O Vatapá,
O Virado a Paulista,
O Samba,
A Rita Cadillac,
O Boto Cor-de-Rosa,
O Beijoqueiro,
A Banana,
O Amigo-da-Onça,
A Turma da Monica,
A Baiana,
O Churrasco.

e tantas outras coisas que estão espalhadas pelo além-mar!

国営化 : こくえいか : Kokueika : Nacionalização

O que é nosso, é nosso!!
E que paguem por isso!

Deixa agente nacionalizar a batata frita, vai!


                                                                                  Isso Nuncaaa!!

Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

Mas nesse fim de semana eu desenho!

Karina Sumida Akimoto


Ois!

Ultimamente o frio tem caído como um imenso bloco de gelo.

O tempo que me sobra é de noite, desenhar sempre era das onze da noite até as duas da madruga.
Aí, com achegada do frio, ficar acordada até essas altas horas se tornou uma missão titânica.

Na época do calor era até bom, porque no verão, dormir me traz um pouco de dificuldade.
E agora, com o frio também!

Além disso, a minha mãe me catou acordada nesses dias de frio, me deu uma bronca "federal".

Aí, os desenhos saíram correndo da minha mesa!

Mas meus logs continuam, assunto não falta, mas tempo...

閑が無い! : ひまがない!: Hima ga Nai! : Não tenho tempo livre!


Assim não valeeeee!!!!!!

Até loguinhu!


E se você quiser que eu comente algo sobre um assunto qualquer (um tema), envie para meu mail:
kasuaki@bol.com.br 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL , Sul , POMERODE , Mulher , de 20 a 25 anos , Portuguese , Música , Informática e Internet
MSN -

 
Visitante número: